Reforma de quadra na Vila Telebrasília garante treinos de jovem talento do DF

Reforma de quadra na Vila Telebrasília garante treinos de jovem talento do DF

Espaço público foi recuperado pelo programa GDF Presente e ajuda a atleta Maria Eduarda Leão Magalhães, de 15 anos, que integra o time de base do Cerrado Basquete; em julho, a jovem representará o Brasil no Sul-Americano Sub-15

Por Adriana Izel, da Agência Brasília | Edição: Chico Neto

Nascida e criada na Vila Telebrasília, a jovem Maria Eduarda Leão Magalhães, 15, conhecida como Madu, descobriu a paixão pelo basquete na quadra poliesportiva do bairro. Sob influência de um amigo, há nove meses ela passou a treinar no espaço mesmo sem nunca ter feito aulas da modalidade. “Tudo começou nessa quadra”, lembra. Pouco tempo depois, Madu, que ia todos os dias para o local às 6h para praticar o esporte, passou a compor o time de base do Cerrado Basquete.

Treinando profissionalmente no clube, Maria Eduarda passou a ir menos à quadra. Também foi nesse período que o local deixou de ter tabelas. Uma delas caiu, e Madu resolveu guardar em casa para que não se perdesse. A outra também foi preservada por um vizinho. Há poucos meses, a jovem precisou voltar a treinar na quadra devido a uma lesão no joelho, mas, como estava sem os itens, a mãe dela, a empresária Gabriela Leão, foi atrás de uma solução junto ao programa GDF Presente, executado em parceria com a Administração Regional do Plano Piloto.

GDF Presente

“Ela não podia correr nem ter grandes impactos, mas tinha que continuar treinando os arremessos e precisava de uma quadra para isso”, conta Gabriela. “Coincidentemente, foi nesse momento que o GDF mandou uma equipe para trabalhar aqui na Vila Telebrasília fazendo alguns reparos. Foi quando solicitei a recolocação das tabelas; rapidamente eles vieram e ela pode aproveitar para manter o pique.”

Quadra esportiva ganha reforço com ação do GDF Presente | Foto: GDF Presente
Quadra esportiva ganha reforço com ação do GDF Presente | Foto: GDF Presente

As tabelas foram recolocadas, bem como as cestas e as redes. Além da recuperação da estrutura, a quadra passou por uma grande limpeza. “A comunidade da Vila Telebrasília tem um grupo de WhatsApp para falar dos problemas e mostrar tudo que acontece na cidade”,  explica o coordenador do Polo Central 3 do GDF Presente, Alexandro César. “O GDF Presente está nesse grupo, e a mãe da menina me procurou pedindo uma solução. Resgatamos as tabelas e as cestas e, em parceria com a administração regional, fizemos o serviço de recolocação e limpeza do local”.

Com a estrutura restabelecida, Madu voltou a treinar no local durante a recuperação da lesão e também como preparação para o próximo campeonato a ser disputado com o Cerrado Basquete, a Copa Sul-Americana de Basquete Sub 15, em Santa Rita do Sapucaí, em Minas Gerais, em meados de julho.

“Acho muito importante poder ter uma quadra assim, porque o esporte leva pessoas a caminhos muito bons”, ressalta a atleta. “É o que espero que aconteça comigo. Minha meta é terminar o ensino médio e tentar uma bolsa de estudos numa universidade nos Estados Unidos.”

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo