Caesb troca tubulação da rede de água do Lago Norte

Caesb troca tubulação da rede de água do Lago Norte

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) está investindo R$ 4 milhões para substituir as antigas redes de ferro fundido que distribuem água nos Trechos 7 a 11 do Setor de Mansões Lago Norte. Ao todo, serão trocados quase 7 quilômetros de tubulações por um material mais resistente e mais econômico bastante utilizado em saneamento: o plástico rígido conhecido por PEAD (polietileno de alta densidade). O mesmo material será usado na modernização da adutora de água potável da Caesb no Lago Norte.

As obras devem começar na próxima semana e terão prazo de execução de um ano. A Caesb vai avisar os moradores com antecedência quando o abastecimento tiver de ser suspenso para a troca da tubulação. Nessa fase, os moradores, além de avisados, serão orientados a abastecer a caixa d’água e a não desperdiçar água com irrigação de gramado ou lavagem de carro.

A mudança é necessária para modernizar a rede e melhorar a qualidade da água distribuída na região. No Lago Norte, as tubulações de ferro fundido foram implantadas ainda no início dos anos 1970. Com o tempo, esse tipo de tubulação pode sofrer deterioração que acaba comprometendo a cor da água, embora possa ser consumida sem risco à saúde. “Queremos modernizar as redes de água da Caesb, que hoje somam 10 mil quilômetros espalhados por todo o Distrito Federal, e atender a todos com água de qualidade”, afirmou Luís Antônio Reis, presidente da companhia.

Investimentos na região Norte

A Caesb também trabalha para expandir e melhorar o abastecimento em toda a região Norte do Distrito Federal. Para isso, está investindo R$ 135 milhões na construção do Sistema de Abastecimento de Água Norte, que vai atender 355 mil pessoas que moram em Sobradinho I e II, Grande Colorado, Boa Vista, Taquari, Itapoã e Região dos Lagos. As obras estão gerando quase 500 empregos direitos e indiretos, segundo a Caesb.

O sistema é composto por várias obras, que vão sendo erguidas por etapas simultaneamente. É o caso da Adutora Taquari, com investimento de R$ 44 milhões e que deve ser concluída ao final de 2024. Está também sendo construída a Elevatória de Água Tratada Lago Norte, composta por dois reservatórios metálicos com 2.000 m3 de capacidade de armazenamento. Investimento de R$ 39,7 milhões devendo ser concluída em janeiro de 2025.

Outra etapa do sistema é a implantação do Reservatório de Água Tratada Sobradinho. Serão dois reservatórios metálicos com capacidade para armazenar 8 milhões de litros de água. Um investimento de R$ 21,9 milhões e previsão de término também em janeiro do próximo ano.

A Caesb, segundo Reis, também investe na construção de mais dois sistemas de abastecimento: Corumbá (subadutora do Gama) e Brazlândia. Nesses três sistemas, entre 2024 e 2025 serão investidos meio bilhão de reais.

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo