Mostra de arte na estação de metrô Praça do Relógio celebra aniversário de Taguatinga

Mostra de arte na estação de metrô Praça do Relógio celebra aniversário de Taguatinga

Obras do artista plástico Donizetti Garcia estarão expostas até o dia 19, em comemoração aos 66 anos da quarta maior região administrativa do DF

Por Agência Brasília* | Edição: Vinicius Nader

A Estação Praça do Relógio do metrô sedia, desta terça (4) até o próximo dia 19, a exposição Trilhando a História de Taguatinga, em comemoração aos 66 anos da quarta maior região administrativa do Distrito Federal. A mostra tem obras autorais do artista plástico Donizetti Garcia. A entrada é gratuita e a visitação é das 9h às 19h.

O acervo, desenvolvido ao longo de 30 anos, narra a história de Taguatinga por meio de retratos que destacam cenas cotidianas da região administrativa. Ao todo, serão expostas 29 obras, sob a curadoria da artista Maria de Lourdes Pimentel. Além disso, o projeto realizará a doação de duas obras ao Metrô-DF, que ficarão em exposição permanente na estação Praça do Relógio.

A iniciativa da mostra foi da Bossy Entretenimentos e a realização conta com o fomento do Fundo de Apoio Cultural (FAC) e apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF (Secec) e da Administração Regional de Taguatinga.

“Utilizei diversas técnicas de pintura em tela. Minha ideia sempre foi buscar manter viva a memória urbana de Taguatinga, sensibilizando e conscientizando os moradores e visitantes sobre a importância da preservação dessa história. Espero que a exposição destaque a impermanência e as constantes mudanças na paisagem urbana, e reforce a necessidade de valorizarmos nossas lembranças e o patrimônio coletivo”, explica Donizetti Garcia.

Donizetti Garcia: “Minha ideia sempre foi buscar manter viva a memória urbana de Taguatinga, sensibilizando e conscientizando os moradores e visitantes sobre a importância da preservação dessa história”

“Todo lugar tem sua história. Tive o privilégio de dividir minha história com Taguatinga. Com ela cresci, vi a cidade ser asfaltada, vi crescer o comércio da Avenida Comercial, vi a demolição da antiga caixa d’água, vi a criação dos shoppings, dividi minha adolescência com jogos de futebol nos campos enlameados do que hoje é o Taguaparque e estudei em escolas públicas como o CTR. Enfim, é uma linda história de compartilhamento de vida e alegrias das incertezas que o crescimento oferece”, completa o artista.

Para o diretor de Administração do Metrô-DF, Leyvan Leite Cândido, receber a mostra de obras de arte que retratam a história de Taguatinga, na estação Praça do Relógio, centro da região administrativa, é um motivo de orgulho. “São trabalhos maravilhosos do Donizetti Garcia, que retratam a alma da cidade e a história de Taguatinga. São obras de arte dentro de uma outra obra de arte, uma obra de arte arquitetônica, que é o metrô. Esperamos que todas as pessoas que circulam pela estação Praça do Relógio possam desfrutar da mostra”, afirma Leyvan.

O administrador regional de Taguatinga, Renato Andrade, ressalta: “Donizetti retrata nossa história e isso é de uma importância muito grande. Ele chegou a Taguatinga aos 3 anos, vindo de São Paulo, e retrata em quadros e painéis, a história da cidade, cada passo, cada construção importante, como o nosso relógio”.

O artista

Donizetti Garcia é um multifacetado artista plástico, administrador, arquiteto e professor. Um dos sócios fundadores da Associação Candanga de Artistas Visuais, Garcia iniciou os estudos de arte na Escola Parque 308 de Brasília e aprofundou-se na área ao estudar na Faculdade Dulcina. Ele cursou história da arte pela University of Massachusetts, nos EUA, e fez pós-graduação em artes visuais pelo Senac-DF. Além disso, é perito em análise de obras de arte pela Escola Técnica de São Paulo e especialista em design de interiores.

Ao longo de mais de 30 anos de carreira, Garcia desenvolveu um rico acervo que inclui obras em metal, mosaico, acrílica e pastel seco.

Serviço

Trilhando a História de Taguatinga
Até o dia 19 deste mês
Horário: Todos os dias, das 9h às 19h
Endereço: Estação Praça do Relógio.

*Com informações do Metrô

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo