“Cor de Amor(a)” floresce no palco do Teatro Sesc Paulo Autran: uma peça poética sobre a amizade e o tempo

“Cor de Amor(a)” floresce no palco do Teatro Sesc Paulo Autran: uma peça poética sobre a amizade e o tempo

Um espetáculo que convida à reflexão sobre as relações humanas, emoldurado pela beleza de um jardim.

Em um cenário que se transforma em um jardim de afetos e memórias, a peça “Cor de Amor(a)”, da atriz e dramaturga brasiliense Bia Oligar, convida o público a mergulhar na intimidade da amizade entre Violeta e Lico. Através de uma dramaturgia poética, a obra explora os encontros e desencontros deste casal de amigos, que transita por diferentes fases da vida e observa como suas relações e sentimentos se entrelaçam com o tempo e o lugar.

Um espetáculo que transcende o tempo e o espaço

Sob a direção de Wanderson de Sousa, “Cor de Amor(a)” vai além de uma simples história de amizade. A peça se utiliza de elementos oníricos e da mistura entre o real e o imaginário para criar uma atmosfera única, que convida o público a refletir sobre o amor, seus conflitos e as diversas formas que ele se manifesta em nossas vidas.

Uma temporada imperdível em Brasília

Após ter circulado por 11 RAs do Distrito Federal, “Cor de Amor(a)” retorna à capital para uma breve temporada no Teatro Sesc Paulo Autran, em Taguatinga. As apresentações acontecem nos dias 1º e 2 de junho, às 20h, com entrada franca e retirada de ingressos no local antes de cada sessão.

Um convite à reflexão e à emoção

A autora Bia Oligar, que também interpreta Violeta em cena, destaca o poder da peça de provocar reflexões sobre a natureza multifacetada do amor e a delicadeza das relações humanas. “O texto convida o público a interagir com os desejos, sonhos e sentimentos das personagens e, através da poesia, olhar para as contradições do amor e as efemeridades da vida”, afirma.

Um espetáculo que toca e emociona

Para Iury Persan, que dá vida a Lico, “Cor de Amor(a)” é um espetáculo que toca e emociona o público por sua proximidade com o real. “A peça atravessa as pessoas ao acessar memórias, ou o próprio desejo, podendo até incomodar ao tocar na ferida do nosso egoísmo, das nossas expectativas quanto ao amor”, complementa o ator.

Serviço:

  • Espetáculo: Cor de Amor(a)
  • Local: Teatro Sesc Paulo Autran
  • Endereço: St. B Norte CNB 12, Taguatinga Norte
  • Dias e horários: 1º e 2 de junho, sábado e domingo, às 20h
  • Bilheteria: Entrada franca, com retirada de ingressos no local antes de cada sessão
  • Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 10 anos

“Cor de Amor(a)” é um convite para se emocionar, refletir e celebrar a beleza da amizade em um espetáculo poético e tocante.

Informações adicionais:

Não perca a oportunidade de assistir a essa peça única e especial!

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo