Chamada pública selecionará projeto do novo Polo Criativo no SCS

Chamada pública selecionará projeto do novo Polo Criativo no SCS

Fomento da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal pode chegar a R$ 500 mil. Governo quer transformar região em um centro de inovação, tecnologia e criatividade

Agência Brasília* | Edição: Carolina Lobo

Com o intuito de selecionar projetos de pesquisa para o desenvolvimento de estudos visando à criação do Polo Criativo Tecnológico do Setor Comercial Sul (SCS), foi lançada, nesta quinta-feira (16), a Chamada Pública n° 7/2023, vinculada ao programa Desafio DF (Edital nº 1/2023). Para isso, a Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF) fomentará até R$ 500 mil.

“O projeto oferece uma oportunidade única para atrair novos investimentos e empresas, impulsionar a criação de empregos, fortalecer o ecossistema de ciência, tecnologia e inovação do DF e promover uma economia sustentável, criativa e inclusiva”Leonardo Reisman, secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Reisman, lembra que a criação do Polo Criativo no SCS é uma iniciativa liderada pelo Governo do Distrito Federal (GDF). “A pesquisa é um passo crucial para diagnosticar e implementar o Polo Criativo, parte de um esforço amplo [do Governo do Distrito Federal], realizado ao longo do último ano, para renovar a área central de Brasília”, explica.

Reisman ressalta ainda a transformação da região em um centro de inovação, tecnologia e criatividade. “O projeto oferece uma oportunidade única para atrair novos investimentos e empresas, impulsionar a criação de empregos, fortalecer o ecossistema de ciência, tecnologia e inovação do DF e promover uma economia sustentável, criativa e inclusiva”, destaca.

A coordenadora científica da FAPDF, Ana Paula Aragão, concorda com o secretário: “Este empreendimento reflete a visão estratégica do Governo do Distrito Federal de consolidar o Setor Comercial Sul como epicentro de inovação, contribuindo significativamente para o desenvolvimento tecnológico e econômico do Distrito Federal”.

Diagnóstico

“Este empreendimento reflete a visão estratégica do GDF de consolidar o Setor Comercial Sul como epicentro de inovação, contribuindo significativamente para o desenvolvimento tecnológico e econômico do Distrito Federal”Ana Paula Aragão, coordenadora científica da FAPDF

O lançamento desta chamada destaca a execução de um diagnóstico aprofundado no sistema local de inovação de Brasília, com foco no SCS. O resultado da pesquisa irá subsidiar a elaboração dessa estratégia de desenvolvimento.

Essa etapa, aliada à sensibilização dos gestores, visa identificar o nível de maturidade do ecossistema, sendo fundamental para a criação do Polo Criativo Tecnológico.

“A iniciativa, considerada um marco para a capital, posiciona o Setor Comercial Sul como referência em empreendimentos de base tecnológica. O sucesso desse esforço conjunto não apenas impulsionará a inovação e tecnologia, mas também estimulará o crescimento sustentável da região, criando um ambiente propício para a prática empreendedora”, frisa Ana Paula.

*Com informações da Secretaria de Ciência Tecnologia e Inovação (Secti-DF)

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo