Servidores do Hospital de Planaltina podem agendar atendimento psicológico

Servidores do Hospital de Planaltina podem agendar atendimento psicológico

Iniciativa do Núcleo da Medicina do Trabalho da unidade faz parte das atividades desenvolvidas em alusão ao Setembro Amarelo

Agência Brasília* | Edição: Chico Neto

Qualquer ambiente de trabalho pode ser desafiador. A área da saúde, contudo, possui agravantes que envolvem muitas vidas: a própria e a do outro. Com o objetivo de promover a saúde mental e proporcionar um suporte emocional aos servidores que atuam na região, o Núcleo de Segurança, Higiene e Medicina do Trabalho (NSHMT) do Hospital Regional de Planaltina (HRPl) está promovendo um plantão psicológico.

“É importante olhar a pessoa como um todo. Ela pode ter um problema pessoal que está afetando o trabalho, do mesmo modo que pode ter um problema no trabalho afetando diversas áreas da vida pessoal”Cenir Lopes, psicóloga

O projeto tem como objetivo ouvir individualmente os profissionais, oferecendo um local que preserve o sigilo do atendimento. “Buscamos acolher o servidor e ofertar uma escuta empática, sem julgamento; e, junto à pessoa, encontrar opções de enfrentamento do problema, que pode ou não estar ligado ao trabalho”, explica a chefe do NSHMT, Cenir Lopes.

O serviço abrange o desenvolvimento de habilidades emocionais, alívio da angústia por meio da elaboração de estratégias para lidar com sentimentos, identificação da origem de sofrimentos e comportamentos autodestrutivos, construção de melhores recursos para lidar com dificuldades ou amenizá-las e a promoção de autoconhecimento e autocuidado.

Setembro Amarelo

A ação está prevista para ocorrer durante todo este mês, como forma de apoiar a campanha Setembro Amarelo, voltada à promoção da saúde mental. O tema, este ano, é “Se precisar, peça ajuda”. Os atendimentos não serão restritos a questões do ambiente funcional.

“Hoje, é importante olhar a pessoa como um todo”, pontua Cenir Lopes, que atua como neuropsicóloga. “Ela pode ter um problema pessoal que está afetando o trabalho, do mesmo modo que pode ter um problema no trabalho afetando diversas áreas da vida pessoal. Desse modo, é preciso oferecer um acolhimento integral.”

Os servidores interessados devem agendar um horário por meio do telefone 2017-1145, ramal 1218.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo