Mais de 650 atendimentos na 5ª edição do Dia da Mulher da DPDF

Mais de 650 atendimentos na 5ª edição do Dia da Mulher da DPDF

Ação é realizada na primeira segunda-feira de todo mês, oferecendo ao público feminino diversos serviços, como balcão de empregos, assistência jurídica e exames de saúde

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger

A 5ª edição do Dia da Mulher da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) registrou 656 atendimentos nesta segunda-feira (4). O evento mensal, que oferece serviços voltados ao público feminino, ocorreu no Nuclão da DPDF, no Setor Comercial Norte, Quadra 01, Bloco G, Edifício Rossi Esplanada Business.

A ação foi realizada em parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc), o Serviço Social de Aprendizagem Comercial (Senac), a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab), a Secretaria da Mulher, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet), a Secretaria de Saúde (SES), a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e a Administração Regional do Plano Piloto.

“A cada mês, nós tentamos trazer mais parceiros, para que a ação sempre tenha uma novidade. É importante que o evento seja bem completo, assim as mulheres podem ter as suas demandas solucionadas em um só dia, sem que precisem se deslocar a várias instituições”Emmanuela Saboya, subdefensora pública-geral

Nesta edição, a ação contou com o balcão de empregos, ofertado pela Sedet. O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) levou 60 idosas de São Sebastião para participar da iniciativa. Uma delas é Maria Santos, 86 anos, que procurou a ação para realizar exames médicos variados. “Vim com as minhas amigas no ônibus dos bombeiros. Vou aproveitar a manhã e cuidar da minha saúde aqui. Muito bom ter ações assim, facilitam a nossa vida”, explicou.

Para a subdefensora pública-geral Emmanuela Saboya, o Dia da Mulher da DPDF é fundamental para que as mulheres em situação de vulnerabilidade tenham a possibilidade de resolver seus problemas em um único local. “A cada mês, nós tentamos trazer mais parceiros, para que a ação sempre tenha uma novidade. É importante que o evento seja bem completo, assim as mulheres podem ter as suas demandas solucionadas em um só dia, sem que precisem se deslocar a várias instituições”, ressaltou.

O Dia da Mulher da Defensoria Pública do DF é uma ação mensal destinada ao público feminino que ocorre na primeira segunda-feira do mês

Jéssica Silva, 32 anos, e a sogra, Odete Silva, 87, foram juntas ao evento desta segunda-feira. Elas buscaram atendimento da Sedes, para cadastro no programa Prato Cheio. “Soube da ação pela televisão. É muito importante termos essa oportunidade na Defensoria. Muitas vezes, a gente não consegue acesso aos serviços por outros meios”, relatou Jéssica.

A moradora de Ceilândia Sandra de Souza, 43 anos, foi ao Nuclão para participar do Dia da Mulher pela segunda vez. Ela tinha procurado a ação em julho para fazer exames ginecológicos e, hoje, foi atendida pelo setor de odontologia. “Gostei muito daqui. É muito bom termos esses serviços de forma fácil”, destacou.

Dia da Mulher

O Dia da Mulher da Defensoria Pública do DF é uma ação mensal destinada ao público feminino que ocorre na primeira segunda-feira do mês. Caso seja feriado, o evento será realizado no primeiro dia útil subsequente.

Ao longo das três primeiras edições, mais de 1,5 mil mulheres foram atendidas em diversos serviços oferecidos tanto pela DPDF quanto pelas instituições parceiras. A quarta, realizada em 7 de agosto, data do aniversário da Lei Maria da Penha, registrou 610 atendimentos.

*Com informações da DPDF

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo