Eventos culturais e esportivos celebram os 19 anos do Jardim Botânico

Eventos culturais e esportivos celebram os 19 anos do Jardim Botânico

Administração regional e Movimento Comunitário preparam programação para o aniversário da RA, comemorado em 1º de setembro

Agência Brasília* | Edição: Carolina Lobo

A Região Administrativa do Jardim Botânico está se preparando para a festa em comemoração ao seu 19º aniversário. Sob a liderança conjunta da Administração Regional do Jardim Botânico e do Movimento Comunitário da região (MCJB), os moradores e amigos terão um mês repleto de atividades para celebrar.

No evento inaugural, marcado para os dias 1º e 2 de setembro, o Centro de Práticas Sustentáveis (CPS) será o palco das celebrações. O objetivo é fortalecer a unidade comunitária e incentivar a participação dos moradores nas festividades. Entre as diversas atividades planejadas ao longo do mês, destacam-se apresentações culturais, shows, feiras e quermesses tradicionais. Além disso, os participantes podem esperar por campeonatos esportivos, uma caminhada comunitária e bailes. Haverá, ainda, programação infantil.

Mais informações sobre a programação no Instagram do MCJB.

Preservação ambiental

O Jardim Botânico tornou-se a 27ª Região Administrativa por meio da Lei nº 3.435, de 1º de setembro de 2004. Uma evolução notável ocorreu em dezembro de 2019, quando o Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 19/2019 foi aprovado na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), integrando os bairros Jardins Mangueiral, Tororó, Barreiros, Itaipu, São Bartolomeu, Altiplano Leste, São Gabriel, João Cândido e o Parque Ecológico do Jardim Botânico de Brasília à área administrativa do Jardim Botânico. Com isso, a RA conquistou o título de quinta maior região administrativa em termos de extensão territorial no Distrito Federal, abrigando uma comunidade de cerca de 62 mil residentes.

A região abriga diversos parques e uma significativa área de preservação ambiental (APA), incluindo o Parque Vivencial do Jardim Botânico 3, o Parque Ecológico Mangueiral, o Parque Ecológico Tororó e o Jardim Botânico de Brasília.

O administrador do Jardim Botânico, Aderivaldo Cardoso, salienta que a criação da RA do Jardim Botânico trouxe consigo a missão de equilibrar progresso e preservação ambiental.  “O desafio está na pavimentação e terraplanagem de áreas que melhorarão a mobilidade dos cidadãos, sem comprometer o ambiente rico em águas e biodiversidade”, afirma.

Essa busca pelo equilíbrio reflete-se na festividade, que valoriza o envolvimento da comunidade e integra projetos desenvolvidos pelos próprios moradores, pontua o administrador. A comunidade pode submeter as propostas de atividades culturais, esporte, empreendedorismo, sustentabilidade, entre outros, por meio deste link.

*Com informações da Administração Regional do Jardim Botânico

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo