Secretários discutem Carteira de Identidade Nacional com governo federal

Secretários discutem Carteira de Identidade Nacional com governo federal

Consesp também abordou, com representantes do Ministério da Justiça, temas como redução da criminalidade, operações e diretrizes nacionais de repressão ao tráfico de drogas

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger

O último dia da 87ª reunião do Conselho Nacional de Secretário de Segurança Pública (Consesp) foi marcado por apresentação de temas nacionais, no Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). O segundo dia do encontro, que reúne representantes de todo país, ocorreu na manhã desta quinta-feira (17). Entre as temáticas debatidas pelos participantes, estiveram o balanço criminal publicado pelo Monitor da Violência, recursos para investimento, Carteira de Identidade Nacional, enfrentamento ao tráfico de drogas e valorização profissional.

O encontro contou com a participação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, que ressaltou a importância da integração entre os estados e o governo federal. “Precisamos estreitar laços e vincular a estratégia e o tático operacional”, ressaltou. “Vamos pactuar formas de atuação e reduzir ainda mais as mortes violentas, em que tivemos uma redução neste primeiro semestre, como mostra o estudo divulgado hoje”, completou Dino.

O secretário de Segurança Pública do DF, Sandro Avelar, falou da importância com Consesp e da oportunidade do Distrito Federal sediar, mais uma vez, o encontro nacional. “Esses dois dias foram essenciais para debater pautas afetas aos estados e aplicação de recursos e, ainda, termos acesso do que tem sido realizado na Segurança Pública em âmbito nacional, por meio das apresentações realizadas pelo MJSP. Isso abre espaço para o debate”, frisou.

A implementação da Carteira de Identidade Nacional (CIN) foi um dos temas apresentados por técnicos do Ministério de Gestão e Inovação (MGI). O documento poderá contribuir com a redução de fraudes ideológicas. “Contamos com um esforço concentrado de todos os estados para que o documento passe a valer em todo o país até novembro, prazo final para implementação”, explicou a secretária-executiva do MGI, Cristina Kiomi.

O encontro foi conduzido pelo secretário Nacional de Segurança Pública, Raimundo Tadeu, e pelo presidente do Consesp, o secretário de Segurança do Rio Grande do Sul, Sandro Caron.

Consesp

O Consesp surgiu em abril de 2003, durante a realização do Encontro Nacional de Secretários de Segurança Pública. A finalidade é representar os interesses comuns das secretarias de segurança pública dos Estados e do Distrito Federal, ou congêneres, junto ao MJSP, promovendo a articulação institucional e propondo ao Ministério da Justiça e Segurança Pública medidas para aperfeiçoamento do Sistema Único de Segurança Pública.

*Com informações da SSP-DF

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo