Mais de 350 inscritos disputam Festival Paralímpico neste sábado (20)

Mais de 350 inscritos disputam Festival Paralímpico neste sábado (20)

Evento no Gama, promovido em parceria com o Comitê Paralímpico Brasileiro, tem o objetivo de proporcionar inclusão por meio da vivência com as modalidades esportivas

Agência Brasília* | Edição: Saulo Moreno

O Centro Olímpico e Paralímpico do Gama recebe neste sábado (20), das 8h às 12h, o Festival Paralímpico. O evento é promovido pela Associação do Centro de Treinamento de Educação Física Especial (Cetefe), em parceria com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), e conta com o apoio da Secretaria de Esporte e Lazer. São esperados mais de 350 participantes no evento, que acontece pela primeira vez em Brasília.

“Recebemos este evento de braços abertos e também ficamos contentes com a procura pelas vagas, isso só reforça o comprometimento do trabalho que vem sendo desenvolvido em busca do fortalecimento do paradesporto e para a inclusão das pessoas com deficiência do Distrito Federal”Julio Cesar Ribeiro, secretário de Esporte e Lazer

Considerado o maior evento inclusivo do país, o festival é direcionado para crianças e jovens de 8 a 17 anos, com deficiência, e tem o intuito de proporcionar aos participantes a inclusão por meio da vivência lúdica nos esportes paralímpicos. No DF, serão oferecidas atividades em quatro modalidades paralímpicas: atletismo, bocha, tênis em cadeira de rodas e tiro com arco. O evento é aberto ao público.

“Recebemos este evento de braços abertos e também ficamos contentes com a procura pelas vagas, isso só reforça o comprometimento do trabalho que vem sendo desenvolvido em busca do fortalecimento do paradesporto e para a inclusão das pessoas com deficiência do Distrito Federal”, declara secretário de Esporte e Lazer do DF, Julio Cesar Ribeiro. Atualmente, os 12 Centros Olímpicos e Paralímpicos atendem mais de 1.600 pessoas com deficiência, entre crianças, jovens e adultos.

Sobre o Festival

O projeto faz parte do Plano Estratégico do CPB, com o objetivo de aproveitar espaços esportivos em estados de todas as regiões do país para oferecer modalidades paralímpicas, desde a iniciação até o alto rendimento.

A primeira edição do festival, em 2018, foi realizada em 48 cidades, com a participação de mais de 7.000 crianças. Em 2019, o evento teve 70 sedes e atendeu mais de 10 mil crianças. Em 2021, o Festival Paralímpico reuniu 8.000 crianças em 70 sedes espalhadas pelo país. Já em 2022, o evento teve a sua maior edição até aqui, com cerca de 15 mil crianças e adolescentes em 98 cidades.

*Com informações da Secretaria de Esporte e Lazer do DF

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo