Dia Nacional do Chef de Cozinha: conheça a trajetória de profissionais renomados de Brasília

Dia Nacional do Chef de Cozinha: conheça a trajetória de profissionais renomados de Brasília

Dia 13 de maio é celebrada a profissão. Os chefs Gabriel Bla’s, Leandro Nunes, Matheus Camargo e Romão Olinda são nomes de destaque da capital federal

A profissão de chef de cozinha é uma das mais prestigiadas do mundo. Não é por acaso que também, nos últimos anos, tornou-se tema de diversos realities shows de sucesso mundo afora. A função é tão querida que ganhou uma data para ser celebrada. Em 13 de maio é comemorado o Dia Nacional do Chef de Cozinha. Conheça um pouco mais sobre alguns profissionais de Brasília.

Gabriel Bla’s, do Bla’s Cozinha de Culturas (406 Norte), é nascido em Brasília. Formado em ciência da computação, trabalhou na área de TI. Passando alguns anos, decidiu fazer um curso de gastronomia, pois via paixão em cozinhar sua própria comida e para amigos. Foi aí que se apaixonou. Durante o curso, conseguiu um trabalho concorrido como cozinheiro no gabinete do ministro da educação, onde realmente aprendeu o ofício. Se aventurou como freelancer, fazendo eventos e jantares, e no final decidiu sair do Ministério da Educação para trilhar seus próprios caminhos.

No começo, o Bla’s foi uma lanchonete pois acreditava-se ser mais fácil de administrar. O tempo passou rápido e logo percebeu que servir o almoço da equipe como prato poderia aumentar rendimento e agradar os moradores da localidade. No início era apenas uma receita por dia, variando 6 vezes na semana. Passou-se para três mais elaboradas e evoluídas, com mais opções de sobremesas, entradas e ampliando o serviço com vinhos e bebidas. Hoje, o restaurante virou referência na capital federal e conta com um cardápio sofisticado inspirado na culinária internacional.

“Ser chef de cozinha é transformar paixão em sabor. Cada prato que preparo é uma manifestação do meu amor pela culinária, uma fusão de sabores que encanta os paladares e enche os corações de quem degusta. É a forma como expresso minha criatividade e encanto as pessoas através dos sabores. Sou grato por viver minha vocação todos os dias”, destaca Gabriel.

Outro nome de destaque na gastronomia brasiliense é o do chef Leandro Nunes. Desde muito cedo, aos 3 anos, o profissional – que vem de família paraense – já se aventurava na cozinha ao seguir uma tradição familiar: ele e o pai preparavam juntos um pato no tucupi para celebrar o aniversário. Leandro até arriscou seguir outro rumo, quando cursou direito. Desistiu para estudar hotelaria, que ensinava culinária e gerenciamento, quando dividiu os estudos com o trabalho em uma pizzaria.

Formado, o jovem retornou para Brasília e começou um estágio no Patu Anu, do chef dinamarquês Simon Lau. Com ele, seguiu para o Aquavit. Logo depois foi para o Oscar, na época comandado pelo chef Laurent Suadeau. Estudou na renomada escola francesa Le Cordon Bleu e trabalhou no Cafe Constant, um dos restaurantes do chef Christian Constant, que foi jurado do Top Chef francês, um dos programas de televisão favoritos de Leandro. Por lá, passou por todas as praças e acabou como subchef.

Em seguida, embarcou rumo a Copenhague e trabalhou no Noma, restaurante dinamarquês, eleito por quatro vezes o melhor do mundo. Retornou para Brasília em 2011 para trabalhar como personal chef . Passou pelas cozinhas do Botarga e do Liv Lounge. Em 2014, abriu as portas do próprio restaurante: o Jambu, na Vila Planalto, voltando às origens paraenses. A casa fechou em 2017.

A valorização de alimentos regionais, tão presente na cozinha do chef, o ajudou a entrar no programa The Taste Brasil, do canal GNT. Ele não levou o troféu, mas ganhou mais experiência. Em 2020 assumiu a cozinha do restaurante francês Le Parisien, onde está até hoje.

“Cada prato que crio é uma forma de compartilhar minha paixão pela culinária, trazendo à mesa a essência de uma cultura e encantando paladares ao redor do globo. Sou grato por todas as experiências que moldaram meu caminho e pela oportunidade de apresentar aquilo que acredito através da minha cozinha”, enfatiza Leandro.

Formado em gastronomia, o chef Matheus Camargo, à frente do Horta Cozinha Criativa, é um nome em ascensão na capital. O jovem acumula no currículo passagens por estabelecimentos da cidade. Começou, aos 18 anos, na pizzaria Entre Amigos, na Quituart, e, em seguida, no Bistrô Escondido, na Asa Norte. Também trabalhou no Siga La Vaca e Pulpería Quilapán, na Argentina.  No meio do caminho, Matheus abriu uma empresa de brigadeiro e, logo depois, abandonou a profissão e migrou para outras áreas.

Em março de 2020, abriu um restaurante na Asa Norte, uma semana antes do fechamento do comércio por conta da pandemia. Em meio a retomada do funcionamento e os desafios que o momento pedia, principalmente em um período que o setor voltava a aquecer com a reabertura das atividades, o prédio onde ficava o restaurante desabou, em agosto de 2021, forçando o fechamento do estabelecimento.

Em 2022, o chef abre o Horta Cozinha Criativa na consagrada 202 Sul, e com um ambiente quatro vezes maior do que o anterior, visando a comida natural, orgânica, mas com foco também no sabor. “Sou apaixonado por explorar novos sabores e trazer uma dose extra de criatividade. A cada prato que preparo, busco transmitir minha visão única, misturando técnicas tradicionais com toques contemporâneos. Minha maior inspiração é a comida autêntica, que desperta emoções e surpreende os paladares mais exigentes. Estou comprometido em elevar a cena gastronômica da cidade, trazendo inovação e sabores marcantes para os apreciadores da boa comida”, diz Matheus.

A surpreendente gastronomia de Brasília ainda nos revela muitos outros talentos. Desde muito cedo, o chef Romão Olinda Filho já se espelhava no patriarca da família, o que lhe despertou interesse pela gastronomia. O desejo pelo ramo começou aos 16 anos. Aos 19 anos começou, aos poucos, a assumir o lugar do pai no tradicional Olinda Comida Nordestina, em Taguatinga. Durante sua trajetória, ainda cursou administração, mas desistiu da faculdade antes da formação.

Mesmo tentando seguir por outros caminhos, a paixão pela cozinha o puxou de volta. Hoje, é responsável por gerir o restaurante, que conta com duas unidades: 202 Sul e Taguatinga. Também passou a criar novas receitas, sempre mantendo o toque tradicional nordestino e o legado deixado pelo pai.

“Sou um chef que honra a tradição nordestina e encontro minha verdadeira paixão em encantar paladares através do legado familiar presente em cada prato que preparo.Cada garfada é uma celebração da cultura e da história que carrego comigo, e sinto uma imensa satisfação em compartilhar essa herança gastronômica com todos aqueles que se sentam à minha mesa. É uma honra poder trazer um pedacinho do Nordeste para Brasília e deixar minha marca na cena culinária da cidade”, ressalta Romão.

Bla´s Cozinha Criativa

Endereço: CLN 406 Bloco D Loja 38

Telefone: (61) 3879-3430

Horário de funcionamento: Terça a sábado das 12h às 16h; Quarta a sábado das 19h às 23h; e Domingo das 12h às 16h

Siga: facebook.com/blas406 e instagram.com/blas406

Le Parisien Bistrot

Endereço: CLN 103, bloco B – Asa Norte

Horário de funcionamento: Terça a sexta das 9h às 23h. Sábado das 9h às 23h. Domingo das 9h às 21h.

Siga: @leparisienbistrotbsb

Horta Cozinha Criativa

Endereço: CLS 202 Sul Bloco C Loja 04 – Asa Sul

Horário de funcionamento: todos os dias, das 8h às 19h.

Telefone: (61) 99558-2842

Instagram: @hortabsb

– Asa Sul

Endereço:  CLS 202 Bloco B Loja 38 – Asa Sul

Telefone: (61) 3532-2958

Horário de funcionamento: todos os dias: 11h às 23h

Instagram: @olindacomidanordestina

– Taguatinga

Endereço: CNB 2 Lote 2, Loja 1 – Taguatinga

Telefone: (61) 3562-5177

Horário de funcionamento: todos os dias: 11h às 23h

Instagram: @olindabarerestaurante

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Abrir o Chat
1
💬 Precisa de ajuda?
Olá!
Podemos te ajudar?
Pular para o conteúdo