Innovation Day promove imersão em inovação, tecnologia, marketing e vendas

Innovation Day promove imersão em inovação, tecnologia, marketing e vendas

A inovação acontece em todas as regiões de Santa Catarina. Mas é em Florianópolis que está concentrado o maior ambiente inovador catarinense. Com o propósito de apresentar as ideias desenvolvidas na Capital e conectá-las com todo o Estado, a Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil em Santa Catarina (ADVB/SC) e a Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) realizaram nessa quarta-feira, dia 30, a primeira edição do Innovation Day.

Em uma programação que durou todo o dia, empresários catarinenses e profissionais de diferentes áreas viveram uma imersão de conteúdo e troca de experiências. Os participantes conheceram e debateram sobre modelos de inovação, tecnologia, marketing e vendas durante um tour por Florianópolis, que contou com visita ao Sapiens Parque e ao Centro de Inovação Acate Primavera (CIA Primavera).

“Não se faz negócios sem marketing e vendas e também não se faz marketing e vendas sem tecnologia e inovação. Então a proposta o Innovation Day foi unir todas essas áreas”, sintetizou o presidente da ADVB/SC, Claiton Pacheco. Ele destacou ainda que, apesar de Florianópolis ser referência no cenário de inovação no Brasil e no mundo, o ecossistema presente na Capital catarinense ainda é pouco explorada pelo restante do Estado.

“O cenário de inovação e tecnologia em Florianópolis cresceu muito nos últimos anos, mas o empresário de Criciúma, de Chapecó, de Concórdia não tem o conhecimento do que existe na Capital. Muitas vezes eles buscam fora do Estado soluções que já tem em Santa Catarina, que podem estar inseridas em um ecossistema como o da Acate, por exemplo”, analisou Pacheco.

“O nosso objetivo é que empresários de todas as regiões do Estado possam passar um dia em Florianópolis, em uma imersão de inovação e tecnologia, entender como eles podem se conectar com este ambiente, quais startups podem contribuir com seus negócios para resolver um problema das suas indústrias, comércios ou serviços que oferecem”, emendou.

A tecnologia que impulsiona a inovação e vice-versa

Inovar consiste em realizar algo novo, diferente do tradicional. É mudar algum procedimento ou processo para que ele gere melhores resultados ou para otimizar operações. Só que inovação não é sinônimo de tecnologia. Os conceitos são independentes, mas, quando unidos, podem impulsionar o objetivo a ser alcançado.

“A gente quer mostrar cada vez mais que a tecnologia não é só para as grandes empresas. As boas ferramentas estão disponíveis para qualquer tipo de negócio. Em Santa Catarina há um ecossistema de soluções bem desenvolvido. São mais de 18 mil empresas de tecnologia espalhadas pelo Estado e que oferecem soluções para serem aplicadas em diferentes regiões inovando a vocação de cada uma delas”, disse o presidente da Acate, Iomani Engelmann.

E foi com a meta de mostrar os benefícios da união entre tecnologia e inovação que o Innovation Day foi pensado. Durante o evento, os participantes não foram limitados a conhecer apenas ideias inovadoras, mas vê-las acontecendo em ambientes tecnológicos e de conexão entre startups e grandes empresas.

“É fantástico ver como tem oportunidades de cooperação entre a Acate e a ADVB, abrindo oportunidades de negócios para os membros de ambas as entidades, como sinergias de demandas. O que a ADVB tem necessidades que podem ser solucionadas em conjunto com a Acate ao invés de criar iniciativas separadas”, destacou o Engelmann.

Disseminar os conhecimentos

A proposta de levar para a Capital líderes dos municípios do interior de Santa Catarina tem como objetivo disseminar para as demais regiões catarinenses os resultados que a inovação aliada à tecnologia pode gerar. É o que pontua o presidente da ADVB/SC.

“A ideia foi plantar a semente da inovação e espalhar ela por todo o Estado, fazendo com que os participantes do Innovation Day voltem para as suas regiões e repliquem o conhecimento. A proposta é que os empresários ou demais profissionais que participam do evento sejam incentivadores da criação do ecossistema de inovação onde moram”, falou Pacheco.

É o que promete fazer a Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), que participou do Innovation Day representada por Gisele Coelho Lopes, pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional da universidade.

“As experiências que tivemos no Sapiens Parque e no Centro de Inovação da Acate foram enriquecedoras. Conhecemos cases de inovação, podemos nos conectar com a Acate, podendo levar a associação para dentro da universidade, junto com a ADVB. Acredito que essa é a forma de desenvolver uma cidade, uma região. É se conectar, cooperar. O momento nos convoca a colaborar para o bem comum. Uma universidade comunitária como a Unesc tem a finalidade de contribuir para o crescimento regional a partir das relações que ela faz e das pessoas que participam do seu ecossistema”, pontuou.

A proposta da ADVB/SC é colocar o Innovation Day no calendário anual da entidade. A proposta é que o evento seja realizado a cada dois meses e reunindo pessoas de todas as regiões de Santa Catarina.

Por Lucas Renan Domingos

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Abrir o Chat
1
💬 Precisa de ajuda?
Olá!
Podemos te ajudar?
Pular para o conteúdo