‘Como não ser um babaca’: Flap assina campanha para combater o machismo diário

‘Como não ser um babaca’: Flap assina campanha para combater o machismo diário

Valor arrecadado com o guia “Como não ser um babaca” será destinado para o coletivo AzMina

O Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e Tribunal de Contas da União (Sindilegis), com supervisão do instituto AzMina, lançou um guia chamado “Como não ser um babaca”, com dicas para combater o machismo, sobretudo no ambiente de trabalho.

O começo da campanha, assinada pela Flap, aconteceu em março, com foco em Brasília, onde fica localizada a sede do Sindilegis e no aeroporto JK.

“Mais do que uma campanha publicitária, criamos algo relevante e duradouro. O livro é uma ação concreta que estimula a reflexão e a mudança de comportamento de homens de todas as idades e classes sociais”, explicou Bruno Barra, sócio-fundador da Flap.

O conteúdo do livro foi elaborado a partir de relatos de violências cometidas contra mulheres e da análise de situações violentas do cotidiano.

“Estamos lançando luz sobre atitudes violentas que invadem, diminuem as mulheres, mas até hoje são percebidas como brincadeiras. E isso numa linguagem acessível, que permite uma conversa com os homens, mas principalmente deles com eles mesmos”, afirmou Viviana Santiago, consultora d’AzMina.

O guia está disponível na Kindle Store e a versão impressa poderá ser adquirida na próxima semana na Amazon. O valor arrecadado será destinado para AzMina, coletivo que lidera diversos projetos em favor do público feminino.

Ficha técnica:
Agência: FLAP
Cliente: Sindilegis
Nome da campanha: NÃO SEJA UM BABACA
Coordenação: Bruno Barra
Direção de criação: Bruno Barra
Criação: Ericsson Barbosa e Daniel Macedo
Diagramação: Gibran Brumano, Laerte Martins e Mateus Caeiro
Planejamento: Bruno Barra e Ericsson Barbosa
Conteúdo: Marcela Studart, Natália Carneiro, Cleide Lemos (Colaboração), Viviana Santiago (AzMina)
Atendimento: Carol Guidotti e Celma Mendes
Mídia: Fernanda Haddad
Aprovação: Tiago Vaz e Marcos França

Do Propmark

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo