Vinho grego evolui e é redescoberto pelo Brasil; veja quais são os melhores

Vinho grego evolui e é redescoberto pelo Brasil; veja quais são os melhores

País mediterrâneo oferece brancos minerais de personalidade única e tintos famosos mundialmente; prensas esculpidas em pedras são atrações do enoturismo de Creta, ilha de extensa tradição produtora

Por algum tempo o vinho da Grécia, de onde os romanos aprenderam a fazer a bebida, foi esquecido pelo consumidor brasileiro. Houve uma época em que qualquer restaurante mediano tinha na sua carta o clássico Cambas. De lá para cá, o vinho grego evoluiu muito, mas sem nunca perder a tipicidade e suas matizes, que são muitas, dentro do terroir helênico. O vinho da Macedônia, norte da Grécia, é muito diferente daquele que encontramos no Peloponeso que, por seu turno, difere do de Creta.

 

Por Esper Chacur Filho

 

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo