Refinanciamento de dívidas Fies com desconto de 92%

Refinanciamento de dívidas Fies com desconto de 92%

Estudantes com contratos firmados até 2017 com instituições financeiras credoras para Financiamento Estudantil (Fies) já podem pedir o refinanciamento da dívida. Por lei, desde a última segunda-feira (7), os bancos serão obrigados a conceder descontos que podem variar entre 12% e 92%.

O saldo devedor poderá ser parcelado em até 150 vezes, a depender da situação. As normas do programa foram estabelecidas pela Medida Provisória 1.090/22. A MP foi convertida em lei pelo Congresso Nacional e entrou em vigor na última terça-feira (1º).

Como refinanciar a dívida do Fies

Segundo dados do Ministério da Educação, aproximadamente 1 milhão de estudantes já podem renegociar as dívidas com o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). A regra determina que qualquer estudante com contrato de financiamento estudantil firmado até o ano de 2017 pode se beneficiar da medida.

O tamanho do desconto na dívida do Fies varia conforme o perfil de cada estudante, veja:

  • Os estudantes que possuem dívidas com atraso de 90 a 360 dias, terão desconto de 12% no saldo devedor, podendo parcelar em até 150x;
  • Para a inadimplência superior a 360 dias, o desconto chega a 86,5% no saldo devedor;
  • Em situações onde o estudante esteja inscrito no CadÚnico ou beneficiário do Auxílio Emergencial, o desconto será de 92%. O saldo dessa dívida poderá ser parcelado em até dez vezes.

Aqueles que desejarem refinanciar a dívida do Fies devem procurar os agentes financeiros do programa, bancos públicos BB e Caixa Econômica Federal. As prestações de renegociação do Fies terão o valor mínimo de R$ 200.

Os quase 800 mil estudantes com dívida no Fies pela Caixa Econômica Federal poderão realizar a renegociação de seus contratos de forma 100% digital. Os interessados podem consultar o site da Caixa para verificar se podem ou não pedir a renegociação de acordo com as regras estabelecidas pela instituição.

Os estudantes com débitos do Fies no Banco do Brasil podem consultar sua situação por meio do aplicativo da instituição.

Por Seu Crédito Digital

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Abrir o Chat
1
💬 Precisa de ajuda?
Olá!
Podemos te ajudar?
Pular para o conteúdo