Google suspende publicidade on-line na Rússia

Google suspende publicidade on-line na Rússia
(crédito: Robyn Beck / AFP)

(crédito: Robyn Beck / AFP)

O Google suspendeu a publicidade on-line na Rússia. A decisão inclui a rede de buscas, YouTube e anúncios na área superior e área lateral dos sites. A suspensão ocorre após o regulador de internet russo, nesta quinta-feira (3/3), acusar a empresa de propagar campanhas publicitárias “notícias falsas” sobre a guerra na Ucrânia.

De acordo com o Wall Street Journal, o regulador de comunicações russo, Roskomnadzor, pediu para o Google parar de exibir anúncios com “informações políticas falsas” sobre o conflito no território ucraniano no YouTube. Segundo a reguladora, a publicidade pretendia “desinformar o público russo” sobre a guerra.

“À luz das circunstâncias extraordinárias, estamos pausando os anúncios do Google na Rússia”, disse a empresa em comunicado à emissora norte-americana CNBC. “A situação está evoluindo rapidamente e continuaremos compartilhando atualizações quando apropriado.”

No último dia 27, o Google já havia suspendido a monetização da imprensa estatal russa em suas plataformas.”Estamos monitorando ativamente o desenrolar dos acontecimentos e tomaremos mais medidas, se necessário”, informou o porta-voz da empresa.

Vários países anunciaram sanções contra empresas, bancos e autoridades russas depois que as forças russas invadiram a Ucrânia na última quinta-feira (24/2).

Por Karolini Bandeira para o CB

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo