Cursos gratuitos de programação, LGPD, marketing digital e outros

Cursos gratuitos de programação, LGPD, marketing digital e outros

Até 2025, quase 800 mil novas vagas de trabalho para profissionais de tecnologia devem ser criadas no Brasil, segundo a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom). A entidade avalia, entretanto, que 67% delas podem não ser preenchidas por falta de profissionais qualificados.

Algumas iniciativas têm buscado formar mais especialistas para diminuir a possibilidade de apagão de mão de obra. Veja, a seguir, cursos dedicados ao segmento e escolha o mais adequado ao seu perfil.

Desenvolvimento full stack e UX design

A consultoria de soluções tecnológicas e transformação digital Grupo FCamara mantém, há cinco anos, um Programa de Formação para capacitar interessados em ingressar na área. Alguns dos formados são efetivados na companhia e outros vão para empresas parceiras e clientes. A formação — que pode ser voltada a desenvolvimento full stack ou UX design — ocorre pela prática e o profissional adquire habilidades técnicas, de relacionamento e de comunicação. Em 2021, a iniciativa teve a participação de alunos de mais de 66 faculdades do país, incluindo indivíduos em migração de carreira. Para participar, os interessados passam por um processo seletivo e a fase de formação é remunerada. Para 2022, as inscrições começam na segunda-feira (28) e vão até 18 de março. Para mais detalhes, visite este link aqui.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Como desenvolver soluções e criar startups

Curso quer reforçar cultura de empreendedorismo na comunidade acadêmica (Imagem: Reprodução/Unsplash/Austin Distel)

Transformar pesquisas de todas as áreas do conhecimento em produtos e soluções viáveis, criar uma startup ou fazer parcerias com empresas a partir de projetos não é fácil. Para capacitar cientistas brasileiros, a Wylinka criou o curso online Ciência na Ponta — que pode ser frequentado por interessados de todo o país. O objetivo é criar ou reforçar a cultura de inovação e empreendedorismo, bem como incentivar a criação e o desenvolvimento de startups de base tecnológica na comunidade acadêmica. O curso de cinco módulos terá carga horária de até 80h. A Wylinka tem parcerias com universidades e instituições para o uso do material e formação de turmas próprias. Para saber mais, visite este site.

Hackathon para soluções de big data

A fintech de meios de pagamento Dock busca 64 participantes para o primeiro Dock Data Hackathon. Os selecionados terão de desenvolver soluções tecnológicas baseadas em big data em encontro online nos dias 19 e 20 de março. Os projetos serão reais e quem concluir os desafios pode ser convidado a trabalhar na Dock. Os criadores dos melhores projetos serão premiadas com Kit Gamer (mesa, cadeira, monitor, teclado e mouse) ou laptop. Para participar, é preciso ter conhecimento na área de dados, em ETL, nuvem, data lake e bancos de dados gerais e ser um profissional de tecnologia que quer aprofundar conhecimentos na área. Conhecimentos em Python, Java, .Net, GoLang e machine learning serão diferenciais. As inscrições estão abertas aqui.

Fundamentos de LGPD

O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e a Escola Virtual.Gov (EV.G) oferecer o curso Fundamentos da LGPD. A capacitação apresenta conceitos da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), aborda os impactos em processos rotineiros de pessoas e empresas, e incentiva o debate sobre a proteção de dados pessoais e a segurança da informação. São quatro módulos, com carga horária total de 15h. As inscrições estão disponíveis no site da EV.G.

Educação e tecnologias

Profissionais de qualquer área podem participar do Curso de Especialização em Educação e Tecnologias da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). A formação ensina a incorporar tecnologias diversas no contexto educacional e busca atender educadores e demais interessados na temática. O estudante pode organizar e compor sua própria trilha pedagógica a partir do cronograma disponível e tem a oportunidade de direcionar a formação: são oito habilitações distintas. Por isso, a duração da especialização varia entre um e dois anos. Os candidatos podem se inscrever até 20 de março aqui.

Cursos de tecnologia ajudam quem quer atuar no segmento (Imagem: Reprodução/Unsplash/Nubelson Fernandes)

Formação de consultores de intercâmbio

A Escola do Intercâmbio tem mil vagas gratuitas para capacitar quem deseja se tornar consultor de intercâmbio. A capacitação inclui técnicas de vendas, marketing e estruturação de negócio. As inscrições vão até 4 de março e o preço mensal da assinatura é R$ 9,90, mas os primeiros mil inscritos estarão isentos dessa taxa. Interessados devem se cadastrar aqui.

Marketing digital para empreendedores

A Kultivi oferece o curso gratuito Fundamentos do Marketing Digital para empreendedores que querem fortalecer suas marcas e seus serviços na internet a partir do uso de mídias sociais, blogs, sites e outras ferramentas. Para assistir às aulas, basta entrar no site, se cadastrar com nome, sobrenome e e-mail, e criar uma senha.

Bootcamp para comunidade negra

Entre 14 e 25 de março de 2022, das 19h30 às 21h45, indivíduos pretos e pardos interessados em temas como customer care, agilidade e devops podem participar do Bootcamp Black Edition da Matera. A edição anterior do programa foi dedicada a mulheres. Serão 30 vagas para cada curso e, ao fim da capacitação, é emitido certificado de conclusão. A inscrição pode ser feita neste link. Os instrutores vão avaliar os candidatos e escolher aqueles que tiverem o perfil adequado com base em análise do LinkedIn.

Introdução a programação

A Ebac Online apresenta o curso gratuito de introdução a programação. A formação vai abordar temas como o que é front-end e back-end, quais são as possibilidades de aprender a programar aplicações para diferentes meios, qual é o panorama do mercado de trabalho. Serão 16 horas de conteúdo e não é preciso ter noções sobre linguagens de programação para acompanhar. Inscrições estão abertas aqui.

Digitalização de empresas

Alibaba Netpreneur Masterclass acaba de ser lançado pelo Alibaba no Brasil. O treinamento é direcionado a empreendedores de qualquer setor: gratuita e online, a formação vai durar quatro semanas. Após o registro, haverá um processo seletivo. As aulas serão em inglês e terão lições, práticas e insights da economia digital na China. Além disso, serão apresentadas técnicas para o uso estratégico de tecnologias digitais e cases concretos de companhias tradicionais que transformaram seus negócios. O programa tem, ainda, lições de liderança e gerenciamento organizacional, com estratégias de desenvolvimento corporativo e de estratégias guiadas por missão, visão e valores. Aqueles que concluírem o programa receberão certificado. Interessados podem se inscrever neste link.

Qualificação profissional para jovens

Com 40 mil vagas em 38 cursos de qualificação profissional nas áreas de gestão e negócios, produção cultural e design, tecnologia da informação e comunicação, e meio ambiente, o Novotec Expresso é voltado a alunos do ensino médio de escolas estaduais, de Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) e jovens de até 24 anos com ensino fundamental completo. O programa oferece bolsa-auxílio de até R$ 600, dividido em até 4 parcelas mensais, pagas ao longo do curso a alunos matriculados na rede estadual com, no mínimo, 75% de frequência nas aulas do Novotec Expresso e que não sejam beneficiários de seguro-desemprego. Para jovens na faixa etária entre 14 e 15 anos, é preciso indicar um responsável legal para receber os valores e a renda familiar deve ser de até três salários mínimos. Não há processo seletivo: basta se inscrever neste site.

Imersão ensina HTML, CSS e JavaScript

O Imersão Dev, da Alura, vai oferecer aulas online gratuitas de programação e front-end. As aulas vão de 7 a 18 de março e vão qualificar os participantes em HTML, CSS e JavaScript. A capacitação é voltada a quem nunca programou. O objetivo é proporcionar inclusão social no mercado de tecnologia. Interessados podem se inscrever até 6 de março e não é necessário ter experiência prévia nem há restrições de idade. Ao fim do curso, os alunos têm um portfólio. Para mais detalhes, visite este link.

 

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo