‘Inventando Anna’: o que é verdade e ficção em série sobre jovem que enganou elite nos EUA

‘Inventando Anna’: o que é verdade e ficção em série sobre jovem que enganou elite nos EUA

“Esta história é completamente verdadeira. Exceto pelas partes que foram totalmente inventadas.”

Assim começa cada episódio da tão esperada nova série da Netflix “Inventando Anna”, sobre a vigarista Anna Delvey, também conhecida como Anna Sorokin.

Essa jovem de 20 e poucos anos enganou amigos e bancos, envolvendo centenas de milhares de dólares, ao se passar por uma rica herdeira no exclusivo circuito de vida noturna de Nova York.

Mas isso foi antes que o peso da lei caísse sobre ela.

Anna Sorokin
Sorokin voltou à prisão recentemente

Sua história ficou conhecida nas redes sociais em 2018, quando a nova grande contratação da Netflix, a produtora Shonda Rhimes, estava buscando um novo projeto.

Grande força criativa por trás de séries como Grey’s Anatomy e Scandal, Rhimes logo se interessou pelo caso, e a Netflix assinou um acordo de direitos com a falsa herdeira, então em prisão preventiva, no valor de US$ 320 mil (R$ 1,6 milhão).

Mas quão próximas estão realidade e ficção?

Jornalista Jessica Pressler inspirou personagem Vivian Kent, interpretada por Anna Chlumsky
Jornalista Jessica Pressler inspirou personagem Vivian Kent, interpretada por Anna Chlumsky

A história é contada pelos olhos da jornalista Vivian Kent, interpretada por Anna Chlumsky.

A personagem é vagamente inspirada em Jessica Pressler, que foi redatora da revista New York Magazine.

Foi ela quem escreveu o primeiro relato detalhado das façanhas da aspirante a socialite.

Durante a série, Vivian faz várias visitas a Anna na prisão, assim como aconteceu na vida real, e desenvolve uma obsessão por sua história que toma conta de sua vida.

A personagem fictícia, Vivian, tem um passado conturbado como jornalista e se mostra desesperada para encontrar uma história de sucesso, mas Jessica é uma jornalista conhecida. Outra de suas histórias foi transformada no filme de Hollywood Hustlers, estrelado por Jennifer Lopez.

Rachel

Quando o escândalo estourou, Rachel DeLoache Williams era a personagem mais proeminente da trama, além da própria Anna.

Rachel DeLoache Williams (esquerda) e atriz Katie Lowes
Rachel DeLoache fez amizade com Anna na vida real e acabou recebendo uma fatura de US$ 62 mil (R$ 320 mil)

Ela era editora de fotos da revista Vanity Fair quando elas se tornaram amigas e começaram a andar juntas pela cidade.

Eventualmente, Rachel recebeu uma fatura de US$ 62 mil (R$ 320 mil) por uma viagem extravagante de seis noites ao Marrocos.

No julgamento, ela contou em lágrimas que sempre sentiu que Anna cobriria todos os custos, dizendo que sofria de estresse e ansiedade com a dívida inesperada.

Na série, Rachel é retratada como superficial e egocêntrica.

A verdadeira Rachel contou sua versão da história em um livro, My Friend Anna (Minha Amiga Anna), que a HBO está adaptando para a TV.

Ela não colaborou com a versão da Netflix e escreveu uma resposta contundente à série no site Air Mail na semana passada, acusando a empresa de fazer “relações públicas para uma golpista”.

Kacy

Atriz Laverne Cox
Atriz Laverne Cox desempenha o papel de personal trainer de Anna

A verdadeira Kacy era uma fonte anônima na história original e se distanciou dos holofotes públicos quando o caso explodiu nas redes sociais.

Como personal trainer para clientes ricos, ela trabalhou com inúmeras estrelas de Hollywood, incluindo Dakota Johnson, Bruce Willis e Kirsten Dunst.

Anna a contratou por US$ 300 (R$ 1,5 mil) por sessão durante um período em que a “herdeira” tinha dinheiro por fraudar um banco.

Kacy Duke (esquerda) e Laverne Cox (direita)
Kacy Duke (esquerda) elogiou atuação de Laverne Cox

Kacy não se deu mal, exceto quando teve uma intoxicação alimentar na viagem ao Marrocos (embora isso a tenha salvado de pagar a fatura).

Mas ela alegou que teve que lidar com o constrangimento de ter Anna sentada no corredor de seu apartamento, quando sua ex-cliente não tinha para onde ir e as coisas começaram a desmoronar.

Em “Inventando Anna”, Kacy é interpretada por Laverne Cox (da série Orange is the New Black).

Kacy parece encantada pela atriz. “Sou uma gêmea orgulhosa. Obrigada, Rainha!”, escreveu no Instagram.

Alexis Floyd
Alexis Floyd interpreta a concierge do hotel, Neff Davis

Neff

Neffatari (Neff) Davis foi a concierge que fez amizade com Anna durante sua estadia no luxuoso 11 Howard Hotel, onde ela acumulou contas enormes.

A dupla parecia reacender sua amizade quando Anna foi libertada da prisão em 2021, e Neff recentemente promoveu a série com postagens nostálgicas no Instagram.

“Você é a Thelma para minha Louise (em alusão ao famoso filme americano Thelma & Louise). E embora eu não concorde com todas as coisas que você fez nesta vida, nunca poderia virar as costas para você e me esquecer de você”, escreveu ela.

Todd

O advogado de Anna, Todd Spodek, recebeu muita atenção durante o julgamento, pois usou como estratégia de defesa “fingir ao máximo”.

Todd Spodek com ator Arian Moayed no set de filmagem
Ator Arian Moayed interpreta advogado Todd Spodek em “Inventando Anna”

Ele abriu e encerrou sua defesa com a letra de New York, New York, de Frank Sinatra, insistindo que sua cliente estava apenas tentando se dar bem na cidade grande.

(Spodek é conhecido por seu estilo de defesa lírico. Certa vez, recitou algumas linhas de What’s Going On, de Marvin Gaye, na abertura de um caso de parricídio – morte de um dos pais pelo próprio filho.)

Na série, tudo indica que ele decidiu defender Anna devido à notoriedade do caso e, de fato, ele agora é conhecido na mídia como “o advogado da falsa herdeira”.

Esse apelido foi usado recentemente quando Spodek foi vinculado a outro grande caso de Nova York, representando um jurado no julgamento contra Ghislaine Maxwell (a ex-companheira do financista Jeffrey Epstein que foi condenado por tráfico sexual infantil e encontrado enforcado em sua cela de prisão).

Arian Moayed
Arian Moayed deu vida à personagem de Todd Spodek

Assim como Kacy e Neff, Todd foi consultor da série “Inventando Anna”.

Ele é interpretado por Arian Moayed (Stewy na série da HBO Succession).

Todd disse à BBC que o ator fez um trabalho fenomenal. Mas ele alegou que não aceitou o caso de graça, como está implícito, e que nenhum jornalista o ajudou em seu trabalho de defesa.

(Na ficção, ele faz amizade com Vivian e ela o ajuda a organizar as informações para o julgamento.)

“Não houve atenção da mídia quando Anna se tornou minha cliente”, disse ele. “A atenção da mídia veio depois. No entanto, toda vez que uma ‘herdeira alemã’ vem se consultar com você, você sabe que coisas boas virão.”

Anna

Anna Delvey e Julia Garner
kin passou mais de três anos na prisão

Anna Sorokin, uma cidadã alemã nascida na Rússia, é interpretada por Julia Garner (Ozark), que habilmente capta seu sotaque incomum e maneira direta de falar.

Anna foi condenada por várias acusações relacionadas a roubo em 2019 e recebeu uma pena de quatro a 12 anos de prisão.

Ele cumpriu quase quatro anos (dois em prisão preventiva) da sentença original e foi libertada em fevereiro de 2021.

Começou, então, a aparecer na TV e contratou um cinegrafista, dizendo que planejava fazer sua própria série de televisão.

Julia Garner
Atriz Julia Garner, a estrela de “Inventando Anna”, da Netflix, visitou Sorokin na prisão

No entanto, algumas semanas depois e logo após postar várias mensagens nas redes sociais sobre como ela “mandava” em Nova York, acabou presa novamente por ultrapassar o prazo de validade do seu visto.

Ela permanece na prisão enquanto aguarda o resultado de um recurso contra sua deportação.

Todd Spodek não representa Anna nos processos de imigração, mas diz que não acredita que ela tenha base legal para permanecer nos Estados Unidos.

Por Vicky Baker da BBC News

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Abrir o Chat
1
💬 Precisa de ajuda?
Olá!
Podemos te ajudar?
Pular para o conteúdo