Concurso BRB: banco anuncia a convocação de mais 75 escriturários

Concurso BRB: banco anuncia a convocação de mais 75 escriturários

O Banco de Brasília (BRB) anunciou nesta sexta, 18 de fevereiro, a convocação de mais 75 escriturários aprovados no último concurso que foi realizado em 2019.

De acordo com o próprio banco, a publicação será divulgada no Diário Oficial do Distrito Federal da próxima segunda-feira (22/11). Com essas novas convocações, o BRB já chamou, somente em 2022, 138 aprovados para ingressarem no quadro de servidores.

É importante ressaltar que recentemente o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, afirmou que após a convocação de todos os aprovados, o banco pretende abrir um novo edital em junho de 2022.

Apesar do último concurso BRB ainda estar vigente, o presidente já afirmou que o prazo de validade não vai impedir a abertura de um novo certame. Veja mais detalhes aqui!

O último edital de concurso BRB para o cargo de escriturário ofertou, ao todo, 100 vagas e oportunidades para formação de Cadastro Reserva.

Concurso BRB: requisitos dos cargos

Conforme apresentado no último edital, os interessados nos cargos ofertados deveram preencher os seguintes requisitos específicos:

  • Escritório – carreira Bancária
    • Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo órgão próprio do sistema de ensino.
  • Analista de T.I
    • Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação na área de informática, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação.
  • Engenheiro de Segurança do Trabalho
    • Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação em Engenharia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, acrescido de certificado de conclusão de curso de especialização, em nível de pós-graduação, com carga horária mínima de 600 (seiscentas) horas, em Engenharia de Segurança do Trabalho, reconhecido pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia – CREA.
  • Médico de Trabalho
    • Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação em Medicina, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, acrescido de certificado de curso de especialização, em nível de pós-graduação, com carga horária mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas, em Medicina do Trabalho, reconhecido pelo Ministério da Educação, e registro no Conselho Regional de Medicina – CRM.

Do Direção Concursos

 

Compartilhe:

Alvaro Maciel

Deixe um comentário

Abrir o Chat
1
💬 Precisa de ajuda?
Olá!
Podemos te ajudar?
Pular para o conteúdo